Dicas – Ganhe dinheiro revendendo produtos eróticos

Gostaria de ter uma renda extra? A revenda de produtos eróticos é a atividade ideal para quem deseja ter tempo para executar suas atividades cotidianas e ainda ter tempo livre.

Essas dicas serão valiosas para que você tenha sucesso em suas vendas, porém com muita dedicação, trabalho sério e força de vontade, você só precisa ser desinibida, falar bem e, claro, gostar de produtos eróticos. O trabalho da consultora consiste basicamente em comprar e revender os produtos eróticos. Você os adquire dos fabricantes e pode oferecê-los tanto em reuniões divertidas com amigas ou individualmente – ou até, discretamente, no trabalho.


 

Nível de conhecimento do produto 

É importante conhecer a fundo toda linha de produtos da sexhop. Como o nome diz, você Consultor(a) deve estar preparado(a) para prestar o serviço de consultoria para o seu cliente.

O ramo erótico é novo, e os produtos são bem diferentes de um sabonete ou um simples shampoo, por isso ele requer um conhecimento mais amplo, pois muitas dúvidas irão surgir e você deve estar apto(a) a respondê-las. Usar os produtos, assistir a vídeos específicos e muita leitura podem contribuir em muito no seu aprendizado.

Qualidade dos produtos

Não acredite que as pessoas estão somente interessadas em preço, qualidade e confiabilidade nos produtos é essencial. Faça questão de adquirir produtos com procedência e certificação, não coloque em risco a saúde dos seus clientes.
No mercado de produtos eróticos existe uma diversidade grande, sendo que alguns são produzidos em fundos de quintais sem a mínima higiene.
Escolha bem seus fornecedores e exija produtos com certificação nos orgãos competentes Anvisa e Ministério da Saúde.

Como começar:

Para começar, é preciso gostar de conversar, ter curiosidade de conhecer os produtos da sex shop e estar antenada às novidades. E não vale ficar envergonhada! ”O segredo é mostrar familiaridade com o que vende e não demonstrar pudores”.


1. Encare a atividade como sua profissão – tenha um horário diário para se dedicar, como se fosse uma jornada de trabalho.

2. Comece oferecendo para amigos, parentes, no trabalho, na faculdade…

3. Peça a cada um desses clientes que indique uma ou mais pessoas de confiança para quem você possa oferecer os produtos.

4. Deixe panfletos, o seu cartão com nome e telefone em cabeleireiros, lojas… Ah, e não se esqueça de agradar as donas com brindes!

5. No começo, o ideal é ter mais clientes e uma margem menor de lucro: compensa vender R$ 10 por pessoa e ter 50 clientes do que o inverso. Afinal de contas, se levar calote de alguém, o prejuízo será menor!

6. Se alguém que você não conhece muito bem fizer um pedido enorme e você ficar com medo de não receber a grana, diga que a empresa estipula uma cota pequena para revendedores iniciantes e que você já a estourou. Sugira que se divida a compra em duas partes, primeiro receba o pagamento da primeira compra, depois faça a segunda venda.

7. Tenha determinação, organização e sabedoria para realizar as vendas e receber tudo que for vendido.

8. Refaça suas compras focada em que tipo de produto sua clientela busca.

9. Reserve um espaço agradável para receber as clientes em casa. É péssimo, por exemplo, escolher produtos enquanto cachorros latem e crianças fazem barulho no mesmo ambiente.

10. Crie um panfleto (não é caro) e distribua pelo bairro: destaque a pronta-entrega!

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*